RESPOSTA DA ECCO À COVID-19

RESPOSTA DA ECCO À COVID-19

O surto de COVID-19 transformou-se numa pandemia com consequências mundiais. Esta é uma situação crítica, que exige que sejamos mais fortes juntos e que cada um de nós faça a sua parte. Sabemos que uma das formas mais eficazes de diminuir a propagação do vírus é maximizar a distância social. Por isso, a ECCO tomou várias medidas para proteger os nossos funcionários e clientes.

A partir de 18 de março, decidimos encerrar temporariamente as nossas lojas na Europa, nos EUA, no Canadá, na Turquia, na Índia e no Panamá.
A nossa loja online permanecerá disponível em ecco.com e continuamos empenhados em proporcionar o melhor serviço possível aos nossos clientes. Podem ocorrer atrasos ligeiros nas entregas, uma vez que os nossos parceiros têm de lidar com a procura adicional dos seus serviços e com o bem-estar das suas equipas. Nos mercados onde atualmente não temos vendas online, pode ver a Coleção Primavera/Verão em global.ecco.com.

Noutros mercados internacionais onde as lojas da ECCO continuam abertas, iremos seguir as recomendações dos profissionais de saúde, bem como das autoridades internacionais de saúde pública.

Em todos os escritórios da ECCO, estamos a encorajar os nossos funcionários a trabalhar remotamente, sempre que necessário. Os funcionários, cujo trabalho tenha de ser feito nas nossas instalações, têm de seguir as diretrizes de saúde exigidas para minimizar qualquer risco para a saúde.

A gravidade do vírus COVID-19 não pode ser subestimada e agradecemos profundamente o compromisso de todos os que estão a lidar com esta emergência de saúde.

Incentivamos todas as pessoas a cuidar da própria saúde e das respetivas comunidades, cumprindo as diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS)

Estamos solidários com todas as pessoas afetadas no mundo inteiro.

Steen Borgholm
CEO